Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ser super mãe é uma treta

Ser super mãe é uma treta

17
Ago17

O choro, as birras, quando é que isto acalma?

Susana

A minha filha chora por tudo e por nada. E adora. É a sua veia dramática, artística, para ela chorar é como cantar. A mim dá-me cabo dos nervos!

 

Tem mau acordar e o grau da má disposição é sempre imprevisível. Pode acordar já a chorar, sabe Deus porquê, pode acordar a resmungar e a dar pontapés no ar ou numa versão mais soft, pode acordar a choramingar pela mamã ou pelo papá.

 

Acorda, vai para o sofá e chora porque não estão a dar os desenhos animados que quer ver, chora porque quer beber um iogurte e não o leite ou porque quer o leite e o leite está quente, chora porque não quer comer pão, chora porque quer comer do nosso pão, chora porque nós queremos ver as noticias, chora porque não é fim-de-semana, (como eu a entendo), chora porque não quer levar sandálias, chora porque não quer vestir uma saia, chora porque não quer lavar os dentes sozinha, chora porque não se quer pentear, chora porque quer que eu a vá levar à escola, chora porque quer ir levar-me aos barcos antes de ir para a escola, chora porque quer descer as escadas ao colo do pai.

 

Chora, chora, chora e ainda não saímos de casa.

 

No carro chora porque eu não lhe empresto o telemóvel, chora porque se esqueceu de alguma coisa em casa, chora porque não quer ir à escola, chegamos aos barcos e chora porque não quer que eu vá trabalhar, chora mais uma vez porque não quer ir à escola, chora porque tem os lábios secos e esqueceu-se do batom, eu empresto-lhe o meu batom, dou-lhe um beijo, desejo-lhe um bom dia de escola, fecho a porta do carro e ela continua a chorar.

 

O pai vai levá-los à escola e ela fica a chorar se quem abre a porta não é a educadora que ela estava à espera, chora porque quer ir para casa com o pai, chora porque não quer ficar na escola, chora porque a vida não é justa.

 

Ao final do dia chora porque quer ir ao parque antes de ir para casa, chora para sair do carro, chora porque quer subir as escadas ao colo do pai, chora porque quer ver televisão em vez de ir tomar banho, chora porque tem uma ferida invisível na mão e não a posso molhar, chora para sair do banho, chora para se vestir porque está a cair de sono, chora porque não gosta de secar o cabelo, chora porque não se quer pentear, chora porque não sabe dos chinelos, chora quando a chamamos para vir para a mesa, chora quando mudamos a televisão de canal, chora para comer tudo o que está no prato, chora porque quer sair da mesa.

 

Chegamos à hora de ir dormir e chora porque não quer só uma história, quer três ou quatro e a última história não pode ter bruxas ou monstros ou lobos, porque não quer ter sonhos maus, chora porque quer que seja a mãe a adormecê-la, sempre e desde sempre, chora quando as histórias acabam e apagamos a luz para dormir, chora quando não a deixo estar a tagarelar a noite toda em vez de dormir.

 

Chora, chora, chora, isto vai acalmar certo?

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Instagram

Spotify

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D