Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ser super mãe é uma treta

Ser super mãe é uma treta

14
Set18

Gravidez não é doença? Às vezes se não é parece.

Susana

Gosto sempre das alminhas iluminadas e bem pequeninas que lá porque tiveram uma gravidez santa e abençoada pela Nossa Senhora da Gravidez Sem Sintomas e Riscos, se julgam no direito de dizer às outras que estão a exagerar, que faz parte, que a gravidez não é doença e que deviam ficar felizes e erguer as mãos aos céus e agradecer por terem a possibilidade de conceber. Sim, isso.

 

Pode ser difícil para algumas mulheres (e homens, porque caraças, como eles gostam de opinar sobre isto) entenderem que às vezes a gravidez é uma carga de trabalhos, mas a verdade é que é e se calhar essas mulheres é que deviam erguer as mãos aos céus e agradecer por terem tido uma gravidez tranquila.

 

Há quem tenha sintomas desde o momento em que o espermatozoide mais rápido que os outros fecundou o óvulo, há quem vomite a gravidez inteira sem que o São Nausefe lhe alivie os dias, há quem tenha dores em sítios do corpo que desconhecia que existiam, há quem desenvolva diabetes gestacional, há quem não seja imune há toxoplasmose, há quem tenha descolamento da placenta, há quem tenha perda de liquido amniótico, há quem tenha hipotiroidismo ou hipertiroidismo, há quem tenha que passar a gravidez inteira deitada, há quem tenha anemia, patologias cardíacas ou outras que nos dificultam a vida.

 

Resumindo, há um sem número de mulheres para quem efetivamente a gravidez mais parece uma puta de uma doença, por isso calem-se, sim? Não fazem ideia do que a grávida a quem dizem que a gravidez não é uma doença está a passar.

 

Sigam o Ser Super Mãe é Uma Treta também no Facebook.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Instagram

Spotify

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D